domingo, 13 de março de 2011

Na cidade GRANDE

A cidade grande é muito doida, estou em São Paulo, deixei a pequena Londres.
Bom aqui tudo é distante, ao contrario do que algumas pessoas pensam, não achei caro as coisas, pelo contrario, parece que tem mais promoções no supermercado do que em Londrina. A concorrência em alta pode melhorar os preços mesmo.

O grande vilão aqui é o transporte, as tarifas são altas e levam uma boa parcela do salário dos autônomos e dos assalariados, porque ao final de contas quem paga a conta são eles mesmos.

Bom eu tive sorte, no meu trabalho da para ir de a pé, só vou de ônibus porque tenho preguiça...mas minha carga horária vai das 9 as 19:30, eu acho isso uma carga horária abusiva, mas descobri que tem pessoas com cargas mais absurdas do que isso, com salários absurdamente pequenos, nessas horas lembro das caixas de supermercado e o pessoal do telemarketing , e me pergunto, cadê o Ministério do Trabalho para fiscalizar estes absurdos trabalhistas.

Bom na "Cidade Grande" tem "Grandes Injustiças", mas isso acontece em todo lugar. Tudo isso não pode ser tolerado, e deve ser corrigido. Não me conformo em ver pessoas sendo exploradas de forma tão terrível.

Segundo Comenius o nosso dia de 24hrs deveria ser dividido da seguinte maneira:

12 hrs para repouso
4 hrs para trabalhar
4 hrs para estudar
4 hrs de lazer

Eu acho isso demais!
A todos um bom começo de semana, e tudo de bom!!!
Estava pensando em fechar esse post com a música vida de gado do Zé Ramalho, mas acho que deve ter uns 3 post com essa música muahaha
Os deixo com: Can't Fight This Feeling(música legal)

Um comentário:

New disse...

Oiêeee!!!
vim dar um oi, ver as novidades 'pessoalmente' e avisar que coloquei seu link nivamente no Xeret@ e no Estúrdio mesmo tendo lá o banner também.
Beijos e boa semana.